Deputada Expõe Cuecas De Renda No Parlamento Como Forma De Protesto Após Caso De Violação

Uma deputada surpreendeu os seus colegas parlamentares ao exibir umas cuecas de renda pretas durante uma sessão de debate, na República da Irlanda.

A deputada mostrou o adereço de roupa interior como forma de protesto por causa de um caso de violação julgado num tribunal em que a advogada do réu mostrou roupa interior para convencer o juiz da inocência do cliente que defendia.

“Pode parecer constrangedor mostrar um par de cuecas aqui… como acham que uma vítima de violação ou uma mulher se sentem perante o cenário incongruente de a sua roupa interior ser exibida em tribunal?”, questionou a parlamentar perante o espanto dos colegas.

A advogada de um indivíduo que respondia em tribunal pela prática de uma violação, justificou que a vítima, de 17 anos, usava no momento umas cuecas de renda e pediu ao juiz para considerar isso no processo.

“Têm de ter em atenção a forma como ela estava vestida. Estava a usar uma tanga com a parte da frente em renda”, disse a advogada do homem que acabou ilibado.

O caso tem gerado polémica na Irlanda com várias mulheres a mostrarem roupa interior e a afirmaram que isso não é consentimento.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO