Durante 30 Anos Usou Meteorito De 87 Mil Euros Como Calço Para a Porta

David Mazurek usou uma pedra como calço para a porta. Fê-lo durante 30 anos mas no início do ano ficou curioso sobre a origem da pedra depois de ter visto uma reportagem sobre pedaços de meteorito que eram vendidos por centenas de milhares de dólares. Mazurek descobriu que o seu calço era um meteorito bastante valioso. Estima-se que o pedaço de 10 quilos valha cerca de 100 mil dólares (cerca de 87 mil euros).

O homem levou-o à Central Michigan University e a professora de geologia Mona Sirbescu foi a primeira a identificar o calço como algo mais do que uma pedra. “É o espécime mais valioso que alguma vez segurei na vida, financeiramente e cientificamente”, disse.

A professora enviou dois pequenos pedaços do meteorito para o museu Smithsonian para ser analisado mais aprofundadamente. Descobriu-se que o meteorito é composto por ferro e níquel e é o sexto maior a ser encontrado no estado do Michigan. Nesta altura estão a ser feitos mais testes ao meteorito para perceber se este contém elementos raros.

Mazurek lembra que o meteorito estava num celeiro que comprou em 1988 em Edmore e que o agricultor que lhe vendeu a propriedade disse-lhe que a rocha tinha aterrado ali nos anos 30.

O Smithsonian e um museu de minerais no Maine estão a ponderar comprar o meteorito. David Mazurek garante que, quando o vender, vai doar parte do dinheiro que receber à Central Michigan University.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO