Duvidou Da Covid-19 e Recusou Usar Máscara. O Seu Apelo é Para Ser Ouvido

Um homem que acreditava que a pandemia da Covid-19 era um assunto “político”, lançou um apelo nas redes sociais depois de ser internado, infetado com a doença.

Chuck Stacey recusou-se a usar máscara, uma atitude que pode estar na origem da sua infeção. Da cama do hospital onde se encontra internado e com visível dificuldade em respirar, o homem decidiu admitir o seu erro e alertar outros que como si pensam que tudo isto é uma mentira.

“Achei que isto era só uma gripe, que ia embora, que era uma questão política. Não pensei que uma máscara fosse fazer efeito”, começa por dizer, no vídeo partilhado esta segunda-feira, dando conta de que se o seu estado de saúde piorar terá de ser entubado.

“Vocês não querem ficar como eu”, aconselha, recordando a conversa que teve com o paramédico que o levou ao hospital.

“Se as máscaras não têm efeito porque é que os profissionais de saúde as usam e são os que têm uma taxa mais baixa de infeções em comparação com o resto da sociedade?”, questionou o profissional.

O vídeo, que for partilhado em redes sociais como o Facebook e o Twitter, foi alvo de comentários menos bondosos por parte de pessoas que consideram que Chuck, devido ao seu ceticismo, não merecia ser tratado.

Uma situação que o homem lamenta, garantindo que aprendeu a lição. Usar máscara, manter distanciamento social e o uso frequente de desinfetante são algumas das medidas preventivas que entretanto aceitou e que tem partilhado desde então nas redes sociais. Por ser claustrofóbico, Chuck garante que já adquiriu a sua viseira e, sendo dono de uma empresa de tecnologias, vai impor o teletrabalho como forma de funcionamento, cumprindo assim as normas e conselhos que lhe têm sido dados.

Já segue a FunCo no Instagram?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO