Elétricos Tesla Model 3 e Rivian R1T Fizeram o “Teste Dos Rails”

Os veículos elétricos têm sido apontados como uma parte da solução para mitigar algumas das consequências ambientais associadas aos motores de combustão interna. No entanto, a eletrificação total dos automóveis também levanta preocupações, especialmente no que diz respeito à segurança em caso de colisão.

Uma das preocupações é o aumento significativo de peso dos veículos elétricos devido às baterias, o que levou um grupo de investigadores da Universidade de Nebraska-Lincoln a realizar testes para avaliar o impacto desses veículos na integridade das infraestruturas rodoviárias, como os rails de proteção.

Os testes, registados em vídeo, envolveram a colisão de uma pick-up elétrica Rivian R1T e de um Tesla Model 3, a 96 km/h, contra os rails de proteção. Os resultados mostraram que os rails de proteção foram completamente destruídos pelos impactos.

A Rivian R1T demonstrou ser capaz de causar danos adicionais, destruindo até mesmo uma barreira de cimento e empurrando uma segunda barreira após o primeiro impacto. Isso confirma o facto de que quanto mais pesado é um veículo, maior é a energia que precisa ser dissipada em caso de colisão.

O Tesla Model 3, embora mais leve que a pick-up Rivian, também destruiu os rails de proteção, mas o que intrigou os investigadores foi o facto de que o veículo conseguiu levantar os rails e passar por baixo deles no momento do impacto.

Os testes, que mostram como os rails não estão preparados para impactos desta dimensão, destacam as preocupações com o aumento de peso dos veículos elétricos e os seus potenciais impactos na segurança rodoviária.

O programa Euro NCAP também alertou para o aumento de peso médio em todas as categorias de veículos avaliados, o que pode representar um risco maior para utilizadores vulneráveis da estrada, como peões e ciclistas.

Os resultados destes testes sublinham a importância contínua de considerar a segurança em todas as etapas do desenvolvimento de veículos elétricos.

Já segue a FunCo no Instagram?