Fundação Cria Brinquedos Adaptados Para Pessoas Com Paralisia

Embora os avanços da medicina e da tecnologia tenham auxiliado a vida quotidiana de portadores de paralisia, essas pessoas ainda enfrentam dificuldades nos momentos de lazer e diversão no seu próprio núcleo familiar.

Para tentar mudar um pouco essa condição, a ONG norte-americana Christopher & Dana Reeve Foundation e a agência 360i, de Nova Iorque criaram o projeto Adaptoys.

Reunindo diferentes tecnologias, como sensores de movimentos e ativação por voz e sopro, os brinquedos criados pela agência podem ser utilizados por pessoas que não possuem movimentação de braços e pernas.

Foram desenvolvidos carrinhos de controlo remoto e arremessadores de bolas que permitirão a interação com outras pessoas.

Para colocar os Adaptoys ao serviço destas pessoas, a Christopher & Dana Reeve Foundation realizou uma campanha para a angariação de fundos para que possam desenvolver novos brinquedos.

A meta inicial da entidade e da agência é de produzir 100 carrinhos de controlo remoto adaptados para serem distribuídos a famílias que possuem algum membro portador de paralisia.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO