Fuzileiro Termina Maratona De Boston a Rastejar Em Homenagem Arrepiante

Micah Herndon protagonizou o mais marcante momento da 123.ª edição da Maratona de Boston, ao levar a cabo uma arrepiante homenagem aos três homens com quem combateu no Afeganistão, e que morreram num atentado em 2010.

A rastejar e fisicamente esgotado, o fuzileiro norte-americano terminou a prova em três horas e 38 minutos, após as quais foi colocado numa cadeira de rodas e avaliado pelas equipas médicas que estavam no local.

“Corro em honra deles. Já não estão cá. Eu estou, e sou capaz. Tenho a sorte de ainda ter todos os meus membros. Posso ser ativo. Encontro forças na simples ideia de que posso correr. Alguns não podem”, afirmou.

“Sinto que, se não estiver a correr, estou a fazer algo de errado com a caminha vida. Se tiver uma cãibra enquanto corro ou me doem os pés ou fico exausto, limito-me a dizer os nomes deles para mim mesmo. Eles passaram por muito pior, por isso corro por eles e pelas famílias deles”, completou.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO