Imagens Incríveis Mostram Como a Natureza Se Apoderou De Aldeia Abandonada

A aldeia de Houtouwan já abrigou uma comunidade próspera de 2.000 pescadores na ilha de Shengshan. Agora abandonadas, ruas e casas de tijolos foram tomadas por plantas que as cobrem formando uma impressionante cobertura esmeralda.

A única coisa que perturba a total reconquista do local dominado pela vegetação luxuriante é a multidão de turistas. Nesta localidade insular a 140 quilómetros de Xangai, os turistas vêm admirar o cenário mágico e as vistas do Mar da China Oriental.

Houtouwan foi fundada em 1950 e prosperou graças à pesca, chegando a ter até 3.000 habitantes. Mas o porto, ao longo dos anos, mostrou-se pequeno de mais para acomodar grandes embarcações e a aldeia acabou por ficar desabitada. Em meados da década de 1990, já estava praticamente abandonada.

Grandes ondas açoitam a costa em certas épocas do ano, dificultando o desembarque de pequenos barcos. A única forma de ligar Houtouwan ao resto da ilha é caminhar ao longo de um caminho sinuoso.

Nos últimos anos, os turistas podiam passear livremente por Houtouwan e tirar selfies, mas desde 2017, as autoridades cobram um ingresso de entrada de 50 yuans (6,70 euros). E os visitantes são obrigados a seguir um percurso pré-definido nesta aldeia que parou no tempo.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO