Jornalista é Diagnosticada Com Cancro Durante Reportagem Em Direto

Uma jornalista foi diagnosticada com cancro da mama durante uma reportagem feita em direito na redes sociais no âmbito do Mês da Prevenção do Cancro da Mama. A profissional decidiu fazer uma mamografia como forma de sensibilizar e acabou por receber a notícia.

Ali Meyer, de 41 anos de idade, estava relaxada e feliz antes de começar o exame, num centro médico de Oklahoma, conforme explica a estação KFOR, para a qual trabalha.

Porém, o exame de rotina, que serviria apenas como sensibilização para o rastreio de cancro da mama, acabou por se tornar num momento dramático.

“Então, eu estava à espera de uma mamografia de rotina e não foi o que aconteceu. Tinha a certeza de que não aconteceria nada hoje, mas cá estamos… Tenho cancro da mama e ainda não tenho respostas”, indicou Ali, minutos depois.

Explicando que o rastreio acabou por se tornar em algo “chocante e muito duro”, a jornalista indicou que não eram aquelas as notícias que queria dar naquele dia. “Mas é isto que tenho”, acrescentou.

Entretanto, a jornalista norte-americana já foi operada com sucesso, momentos que também foram partilhados com o público, através da mesma estação.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO