Jovem Expulso De Avião Em Faro Alega Ter Sido Agredido Pela PSP

Um passageiro de um voo da Ryanair alega ter sido agredido por agentes da PSP quando estes o tentavam retirar de um avião no Aeroporto de Faro. Ao que tudo indica, o homem empurrou uma hospedeira de bordo que se opôs a que o homem mudasse de lugar.

De acordo com o jornal The Sun, Rafik Boutiche, de 20 anos, ia viajar para Londres com um amigo. Os dois lugares atribuídos aos jovens eram perto um do outro. No entanto, momentos antes do voo descolar, Boutiche tentou mudar de lugar para um que estava livre ao lado do amigo.

Foi nesta tentativa de mudar de sítio que uma hospedeira terá abordado o passageiro, informando-o de que tinha de ficar no lugar que lhe tinha sido atribuído.

A polícia foi chamada a intervir nesta situação depois de Boutiche ser acusado de ter empurrado a hospedeira como forma de protesto por não o deixar mudar de lugar.

 
O amigo de Boutiche, Islam Fessih, de 19 anos, filmou o momento depois da chegada das autoridades. Nas imagens, já partilhadas nas redes sociais, é possível ver os polícias a tentar tirar o homem da aeronave.

Ao mesmo tempo, Boutiche queixa-se de que as autoridades o estão a magoar no pescoço.

Ao jornal Mirror, o jovem alega que ficou com vários ferimentos numa mão, num tornozelo e no pescoço.

O mesmo jornal dá conta de que Boutiche e o amigo acabaram por sair voluntariamente do avião, de forma a não prejudicar a viagem aos restantes passageiros.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO