Juiz Negacionista Chama “Verme” a Eduardo Cabrita Que “Já Tem Dois Homicídios Às Costas”

O juiz negacionista Rui Fonseca e Castro colocou esta tarde um novo vídeo no seu canal do Youtube, no qual afirma que voltaria a repetir tudo o que fez na terça-feira, à porta do Conselho Superior da Magistratura (CSM), em Lisboa, em que disse estar acima dos agentes da PSP que ali se encontravam para garantir a segurança.

O magistrado diz que não agiu contra as forças de segurança, mas sim contra “os vermes que as atiram para a fogueira, como é o caso do Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita”. “Este já tem dois homicídios às costas, e falo também contra os nomeados politicamente como é o caso do diretor-nacional da PSP, Magina da Silva”, acrescentou.

Rui Fonseca e Castro garante que teve uma reunião com a PSP, na véspera da sua audição pública no CSM. E no encontro, mantido ‘online’, esclareceu que a manifestação que iria ocorrer em seu apoio “iria decorrer pacificamente”.

No entanto, ao saber que o Corpo de Intervenção estava presente junto ao CSM, Rui Fonseca e Castro diz ter “agido para defender os que o apoiavam, e também para evitar que os polícias cometessem ilegalidades”.

“Isto aconteceu porque a oligarquia nepotista e pedófila que manda neste país, sente-se ameaçada por pessoas que têm conhecimento da verdadeira podridão que grassa. Voltava a fazer tudo de novo”, concluiu.

Já segue a FunCo no Instagram?