Militar Reencontra-se Com Cadela Que Salvou Durante Guerra Na Síria

Um antigo militar em missão em Raqqa, na Síria, reuniu-se com a cadela que salvou dos destroços da guerra há sete meses.

O especialista em detonação de bombas, Sea Laidlaw, de 30 anos, salvou a cadela bebé dos destroços de guerra e deu-lhe o nome de “Barrie”, corria o mês de fevereiro deste ano.

Três meses depois de salvar e fazer amizade com a arraçada de Shepherd asiático, o militar regressou a sua casa. Este fim de semana, o homem e o animal voltaram a reunir-se no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, França.

Sean e o cão tiveram que atravessar cinco países, duas zonas de guerra, três mil milhas e 12 horas de viagem para voltarem a reunir-se naquele que terá sido um dos momentos “mais felizes” da vida de Sean.

Os dois separaram-se depois de Sean ter regressado ao Reino Unido durante um curto período de tempo. Quando chegou a hora de regressar à Síria foi informado de que já não seria preciso, momento que recorda com tristeza, uma vez que foi aí que percebeu que poderia nunca mais voltar a ver a sua amiga de quatro patas.

Depois de vários contactos, conseguiu que a cadela fosse levada para Paris, na companhia de outra militar, e foi aí que se deu o reencontro.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO