Mulher Grávida Retirada à Força Do Metro Causa Indignação Na Suécia

Imagens de uma mulher grávida a ser retirada de uma carruagem do metro, na Suécia, estão a chocar aquele que é um dos países mais tolerantes da Europa, relativamente à imigração.

Segundo a informação divulgada na imprensa internacional, a mulher terá sido interpelada pelos agentes de segurança daquele transporte público para mostrar o seu bilhete de transporte, algo que se negou a fazer.

Perante tal comportamento, os agentes decidiram retirar a mulher da carruagem, mas já no exterior do transporte, os ânimos exaltaram-se e os agentes acabaram por tentar imobilizar a mulher, colocando-a de barriga para baixo.

O excesso de força usado contra uma grávida deixou muitos chocados.

Nas imagens pode ver-se também uma outra criança que, sem perceber o que se está a passar, chora e acaba por ser confortada por um outro agente que acaba por afastá-la da confusão.

Pessoas que assistiram à cena dizem que tudo poderia ter sido evitado se a mulher tivesse acedido ao pedido dos seguranças. Outros, porém, referem que não era necessário o recurso a tanta força perante uma mulher grávida.

A mulher terá sido levada ao hospital para avaliar o seu estado de saúde após o incidente. Uma investigação ao sucedido está a ser levada a cabo pela empresa de transportes.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO