Partilha Momento Em Que é Despedida. CEO Da Empresa Reage a Vídeo

Brittany Pietsch trabalhava há três meses e meio para a empresa Cloudfare quando foi dispensada. A mulher decidiu partilhar nas redes sociais o momento em que foi despedida, num vídeo que intitulou como ‘Ponto de Vista: Estás prestes a ser despedida”.

A mulher, que exercia funções como gestora de contas, criticou a empresa.

“Deve ser muito fácil usar 10/15 minutos numa reunião para dizer a uma pessoa que ela está despedida, atirando ao chão toda a sua vida, sem qualquer explicação”, criticava Brittany.

Após a divulgação do vídeo, que se tornou viral, o CEO da empresa, Matthew Prince, decidiu pronunciar-se.

No vídeo, note-se, Brittany, que já sabia que outros colegas estavam a ser chamados para uma videochamada para serem despedidos, decidiu gravar o momento em que também ela era dispensada. Durante esta reunião, a mulher, sabendo o que se seguiria, explica que em três meses de trabalho, um deles não pode ser contabilizado [dezembro] uma vez que houve duas festividades com muitos dias de folga. Além disso, alega que o feedback do seu gestor de equipa sempre foi positivo, motivo pelo qual pede que lhe deem uma explicação. Critica ainda o facto de a notícia lhe estar a ser transmitida por duas pessoas que nunca viu e que de certo não conhecerão o seu trabalho.

“Despedimos cerca de 40 vendedores de entre mais de 1.500 na nossa organização de mercado. Isso é um trimestre normal. Quando estamos a fazer a gestão de desempenho corretamente, podemos muitas vezes dizer, no prazo de 3 meses ou menos após a contratação de um vendedor, mesmo durante as férias, se ele vai ser bem sucedido ou não. Infelizmente, não contratamos na perfeição. Tentamos despedir na perfeição”, defende o CEO.

O homem admite, ainda, que o vídeo foi difícil de ver e ainda que o seu gestor deveria estar presente na reunião. E admite que “nem sempre fazemos as coisas bem”

O caso tem sido muito comentado nas redes sociais. O advogado Eric Pacifici, também no Twitter, pronunciou-se sobre a situação comentando que ambos os lados estiveram mal.

“Ser-se despedido é duro, mas é importante encará-lo com dignidade. Despedir alguém é igualmente duro, que obriga a ter compaixão e respeito. Um total desastre de ambas as partes neste caso”, escreve no Twitter.

Já segue a FunCo no Instagram?