18 Exemplos de Desenhos Animados Que Contrariam a Lógica

De acordo com Art Babbit, ‘A animação segue as leis da física – a menos que seja mais engraçado o contrário’.

Se para as crianças, certos detalhes passam despercebidos, para os adultos não faz qualquer sentido.

Nas imagens abaixo poderá ver alguns dos exemplos mais ridículos da lógica dos desenhos animados que revelam como o mundo da animação é muito diferente do mundo real.

Como assim?

O pai dos Três Porquinhos é aquela linguiça ali na parede

Para quê usar roupas para ir à praia?

 
O Príncipe dizia amar a Cinderela, mas precisou de calçar o sapato da sua amada em várias mulheres para reencontrá-la

Comemoram o Natal antes mesmo do nascimento de Jesus Cristo

Magia!

 
Facilmente sairiam por entre as grades

Os dois são cães

Patos a comerem peru

 
Porquê tanta vergonha?!

Certos casais parecem irmãos e não marido e mulher

Um rato com medo de outro rato?

 
Uau

Ouvindo música com os olhos

Aquela gravidade que só funciona quando se olha para baixo

 
Umas vezes consegue caminhar no fundo do mar, outras vezes afoga-se

O que é que segura estes óculos?

As roupas voltam ao seu aspeto original depois da meia-noite, mas os sapatos continuam os mesmos