Adeptos Brasileiros Na Rússia Detidos Após Filmarem Mulheres a Dizerem Frases Obscenas

Pelo menos 6 homens brasileiros estão a ser investigados depois de filmarem mulheres a dizerem frases obscenas sem saberem o significado durante o Mundial 2018. Entre eles há políticos e engenheiros.

Dois vídeos que mostram grupos de brasileiros a assediar mulheres russas durante o Campeonato do Mundo tornaram-se virais e estão a causar revolta no Brasil. Num desses vídeos, três homens — agentes da autoridade ou políticos — surgem a pedir a mulheres russas que não sabem falar português que repitam frases obscenas para a câmara. Os participantes já foram identificados e dois deles foram detidos esta terça-feira pela Polícia Federal.

A identidade dos homens já foi tornada pública pela Polícia Militar de Santa Catarina. Um dos homens é Diego Valença Jatobá, que foi secretário de Turismo de Ipojuca e que é natural de Recife. Outro é o tenente Eduardo Nunes, que está destacado em Lages e contra o qual a Polícia Militar abriu “um processo administrativo-disciplinar para apurar a conduta irregular do militar” assim que ele chegou ao Brasil. O terceiro homem é o engenheiro civil Luciano Gil Mendes Coelho, natural de Picos, que foi secretário de Saúde e da Educação do Estado do Piauí. Luciano também trabalhou como engenheiro civil na Prefeitura de Araripina, em Pernambuco e já foi membro do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do mesmo estado.

Luciano, que foi detido pela Polícia Federal assim que regressou ao Brasil, já era conhecido das autoridades, um engenheiro civil, que tirou o doutoramento em Portugal, foi detido em 2015 no âmbito de uma operação da Polícia Federal que investigava desvios de recursos públicos e fraudes em licitações na prefeitura de Araripina.

O envolvimento de Luciano Coelho neste caso — que justifica as atitudes com o consumo excessivo de álcool — levou o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí a enviar uma nota de repúdio sobre o vídeo, que adjetiva de “infame episódio de misoginia e sexismo”: “O exercício da engenharia abrange a promoção da segurança, da qualidade de vida, da sustentabilidade, da proteção aos valores mais caros da experiência profissional e não o protagonismo de cenas lamentáveis e vergonhosas que desrespeitam a mulher, estrangeiros ou qualquer pessoa”.

No vídeo abaixo também é possível ver um outro momento em que um pedem a mulheres que não falam português para repetirem frases referentes aos órgãos sexuais femininos, um dos homens que aparecem nas imagens foi identificado como sendo Felipe Wilson, supervisor de voos da LATAM Airlines Brasil. Isto foi confirmado pela própria companhia aérea no Twitter.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO