Após Cortar Pulseira Eletrónica, Suspeito De Invasão a Alcochete Dança à Porta De Café Em Tom De Desafio Às Autoridades

O cabecilha do núcleo da Juventude Leonina de Marvila, em Lisboa, Elton Camará, mais conhecido por “Mamadu” e “Aleluia”, cortou a pulseira eletrónica que o obrigava a estar em casa a aguardar julgamento pela invasão da Academia de Alcochete e agressões a jogadores, técnicos e funcionários do Sporting.

Foi apanhado esta quinta-feira, após a publicação de um video nas redes sociais onde dança à porta de um café em tom provocativo.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO