Cães Enraivecidos Ladram Um Para o Outro, Mas Tudo Muda Quando Alguém Abre a Porta De Vidro

Costuma-se dizer que cão que ladra não morde e deve ser baseado em situações como esta que se formou esta teoria.

Nas imagens, dois cães ladram um para o outro com extrema agressividade. A linguagem corporal dos dois leva a pensar que quando a porta de vidro que separa os dois animais, se abrir, eles irão confrontar-se, mas o que se vê quando alguém abre a porta é exatamente o oposto.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO