Centenas De Pessoas Esperaram Horas Em Feira De Adoção De Luisa Mell, Mas Desistiram Por Não Haver Cães De Raça

Na semana passada, a ativista Luisa Mell causou comoção ao resgatar 135 cães de raça de um canil em Osasco, na região metropolitana, onde viviam em más condições e sofriam maus-tratos. Eram yorkshires, lhasa apsos, pugs…

Levadas pelo caso de repercussão nacional e internacional, várias pessoas marcaram presença na feira de adoção realizada no passado dia quatro, em Vila Clementino, promovida pela protetora.

Centenas de pessoas formaram uma fila que deu a volta ao quarteirão duas horas antes do evento começar, uma raridade para um evento deste tipo.

 
A razão que motivou tantas pessoas a deslocarem-se até lá e a esperarem tantas horas foi por pensarem que iam levar para casa algum cão de raça. Mas… como esses animais resgatados do canil ainda estão em recuperação e ainda está em curso a disputa pela guarda definitiva dos animais, nenhum deles estava na feira (não se sabe quando ficarão disponíveis). Havia somente rafeiros, como é habitual nestas feiras.

Quando souberam que não se tratava de mascotes com pedigree, muitos se desinteressaram e foram-se embora.

Luisa conseguiu doar apenas sete cães e dois gatos.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO