Cubanos São Resgatados De Ilha Deserta Nas Bahamas Após 33 Dias a Comer Cocos e Ratos

Na passada terça-feira, a Guarda Costeira dos Estados Unidos resgatou três cubanos (dois homens e uma mulher) que ficaram presos numa ilha deserta nas Bahamas, durante 33 dias.

Os três cubanos conseguiram nadar até à ilha depois do barco em que seguiam ter virado devido à agitação marítima.

Durante quase cinco semanas, o grupo sobreviveu a comer o que encontrava, principalmente cocos e ratos.

A Guarda Costeira tinha partido da Florida numa missão de rotina e perceberam a presença dos humanos graças a bandeiras improvisadas.

Um dos membros da tripulação que esteve envolvido no resgate mostrou-se surpreso por os três cubanos terem conseguido sobreviver durante tanto tempo.

Já segue a FunCo no Instagram?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO