“Demasiado Trabalho”: Cão Adotado Após 419 Dias Em Canil Devolvido Em 24 Horas

Rusty passou quase a totalidade da sua vida em abrigos para animais. Contudo, no final do mês de março, parecia que a sua sorte estava a mudar: foi adotado por uma família que se apaixonou pelo rafeiro cruzado de Pastor Alemão e Catahoula. A história que parecia ser feliz sofreu um revés quando, em apenas 24 horas, os novos donos de Rusty o devolveram.

Agora o animal está de volta ao canil. A justificação dada para a devolução foi que Rusty “dava demasiado trabalho”.

O Waco Animal Shelter, no estado norte-americano do Texas, onde se encontra, recolheu este animal pela primeira vez em fevereiro de 2020 quando os seus primeiros donos o abandonaram ainda cachorrinho. Rusty foi depois colocado numa família de acolhimento e, posteriormente, levado para Idaho, de onde foi também devolvido por não ser “amigável”.

Em novembro de 2020, o cão foi adotado. Um mês depois, foi novamente entregue ao abrigo, desta vez por alegadamente ser “destrutivo”. Então, no abrigo, os tratadores começaram a trabalhar com Rusty para este melhorar o seu comportamento. “O Rusty foi a estrela do grupo, de longe. Aprendeu todas as ordens e tomou sempre atenção ao seu tratador”, indicou o canil.

Assim, quando um novo casal o levou para casa, 419 dias depois do início da história, tudo parecia ser definitivo. Mas o animal foi novamente colocado no abrigo por dar “demasiado trabalho”. O canil “defendeu” os donos: “Por favor, não julgue os adotantes. Fizeram a coisa certa ao trazê-lo de volta. Nunca queremos que uma família tenha um cão que não seja adequado para ela. Estamos a procurar-lhe uma casa para sempre e não desistiremos até que a encontremos!”

Rusty continua à espera de uma família no Waco Animal Shelter.

Já segue a FunCo no Instagram?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO