Emigrante Português Com Cancro Terminal Pede Ajuda Para Vir Morrer a Casa

Eis um caso que não deixa ninguém indiferente. O português Daniel João Mateus Raimundo, emigrante na Bélgica, fez um apelo dramático no Facebook porque tem apenas dois meses de vida e precisa de ajuda para voltar a Portugal, onde quer morrer.

O emigrante de 43 anos reside na Bélgica desde julho do ano passado e soube apenas no passado mês de dezembro que sofre de um cancro “muito galopante”.”Apareceu de repente e com uma velocidade incrível. Só tenho dois meses de vida”, contou Daniel.

Está internado num hospital e com o tumor espalhado já pelo estômago, pâncreas e pulmões, só tem um desejo: voltar a Portugal, “para morrer em casa”. “Venho pedir toda a ajuda possível e impossível, não tenho neste momento qualquer valor”, conclui.

Com apoio para apenas 5 dias de transporte em ambulância, “porque neste momento ainda tenho algumas forças para a viagem”, Daniel tem de pagar cerca de 10 mil euros para custear o regresso com a assistência de um médico e um enfermeiro. “Não é um simples pedido de ajuda, é um pedido para poder ir morrer a Portugal. Como sabem estou na Bélgica e gostava de ir para Portugal falecer. Ver amigos e familiares”.

Podes falar diretamente com o Daniel pelo Messenger.

Para ajudar:
IBAN: PT50019300001050143491359
BIC/SWIFT: CTTVPTPL
Banco dos CTT Daniel João Mateus Raimundo

Conta da Bélgica Banco KBC IBAN BE 11736042814248
Daniel João Mateus Raimundo | Jean Jaureslan 106 Gentbrugge

Entretanto o compositor dos êxitos de Tony Carreira, Ricardo Landum, sente-se «comovido» e já está a «ajudar» o primo que tem cancro terminal a regressar a Portugal, para morrer.

Tem recebido ajudas, mas ainda não o suficiente para cumprir o seu desejo: «voltar a casa para estar com os amigos e a família». «Já estou a ajudá-lo e estou um bocado comovido com isto tudo», lamentou Ricardo Landum.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO