Maquinista Atrasa-se Porque Teimoso Cisne Recusou-se a Sair Da Linha Férrea

Foram mais três quilómetros que o maquinista de uma composição que fazia a ligação Teddington – Waterloo, em Londres, teve que circular lentamente para não atropelar um teimoso cisne que se recusou a sair da linha ferroviária.

Um passageiro que esperava na estação foi para a linha e tentou afugentar a ave com o seu computador portátil, mas não teve sucesso.

A empresa South West Trains publicou mais tarde no Twitter um pedido de desculpas onde mostrou ainda que o cisne foi libertado em local apropriado.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO