Pai “Voa” Sobre Proteção De 1,2 Metros Para Salvar Filho De Se Afogar

Não se brinca com os instintos protetores de um pai.

Albert Passavanti estava a usufruir de um agradável momento familiar junto à piscina de casa, no condado de Palm Beach, no estado norte-americano da Flórida, quando o seu filho decidiu pregar-lhe um susto.

A criança estava a brincar com uma bola insuflável e contornou a rede de proteção da piscina, que tem cerca de 1,2 metros de altura. O menino, de um ano e meio, não sabe nadar e acabou por cair à água.

Vendo o filho cair, Passavanti não pensou duas vezes e “voou” sobre a proteção, mergulhando na piscina e recuperando a criança em poucos segundos.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO