VIDEO: Porque é Que Na Finlândia Há Multas Por Excesso De Velocidade De Mais De 100.000 Euros?

Em 2015, Reima Kuisla, um homem de negócios finlandês, foi multado no seu país por conduzir a 100 km/h numa área de 80 km/h. A multa? 54.000 euros.

E se isto lhe parece muito, espere para conhecer o que ocorreu ao ex-diretor da Nokia, Anssi Vanjoki, que em 2002 foi sancionado nada mais nada menos que em 103.000 euros por conduzir a 75 km/h numa zona de 50 km/h.

É que na Finlândia a lei sanciona os motoristas por excesso de velocidade com uma quantia que seja proporcional a seus rendimentos.

 
Na Finlândia, assim como em alguns outros países, quanto mais você ganha, maior é a multa. Desta forma, o país criou uma forma engenhosa de lutar contra os motoristas abastados que aceleram muito já que as multas não “feriam” os seus bolsos.

O sistema da Finlândia para calcular multas começa com uma estimativa da quantidade de rendimentos disponíveis do infrator no dia, e depois o divide por dois: o número resultante é considerado uma quantidade razoável como multa ao infrator.

E ainda, segundo a gravidade do delito, a multa pode aumentar gradualmente dependendo de quanto se exceda o limite de velocidade. Isto significa que uma pessoa que excede o limite de velocidade em 15 km/h receberia uma multa menor que alguém que se excede em 30 km/h.

Assista à explicação em pormenor no video a seguir:

DEIXE O SEU COMENTÁRIO