Testes Detetam Vestígios De Fezes Nos Touchscreens Do Mcdonald’s

Alguns restaurantes da rede McDonald’s possuem um sistema de autoatendimento com um ecrã touchscreen. Acontece que esse ecrã está repleto de vestígios fecais, segundo um estudo realizado em Inglaterra.

O estudo foi realizado em parceria com o jornal Metro e a Universidade Metropolitana de Londres em que se analisou oito estações de autoatendimento da rede de fast-food mais famosa do mundo, sendo seis deles na capital britânica e duas na cidade de Birmingham, a segunda maior cidade da Inglaterra. Nenhuma delas passou: todos os oito ecrãs touchscreen analisados tinham a presença de coliformes fecais.

O problema com essas bactérias, que costumam trafegar normalmente no sistema digestivo, é que elas veem acompanhadas de outros micro-organismos, alguns deles perigosos. É o caso da Staphylococcus aureus, bactéria que pode causar desde doenças de pele e intoxicações alimentares a problemas como envenenamento do sangue e síndrome do choque tóxico.

Bactérias como a Listeria, causadora da listeriose, também estavam presentes nos touchscreens. Esta, especificamente, pode causar abortos espontâneos, ou a morte do feto durante a gestação. Outras como Proteus e Enterococcus faecalis são comuns em infeções hospitalares e a sua presença foi uma grande surpresa para os pesquisadores.

Um porta-voz da cadeia de restaurantes afirmou que os ecrãs são limpos com bastante regulariadade, várias vezes ao dia. No entanto, parece que não tem sido o suficiente para acabar com as bactérias e coliformes fecais.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO