Aldeia Criada Exclusivamente Para Pessoas Com Demência e Alzheimer

Na pequena cidade de Weesp, Holanda, uma aldeia habitacional criada para pacientes com demência tem servido como um modelo progressivo para o mundo desde 2009.

A aldeia surge pelo nome de Hogeweyk e é totalmente autossuficiente com restaurantes, cafés, supermercado, jardins, e muito mais. Claro que tudo isto é protegido com portões e cercas de segurança, mas o seu uso é apenas para manter os seus residentes seguros.

A ideia, explicam os criadores de Hogeweyk, é a conceção de um mundo que mantém, o mais possível, a semelhança com a vida mais normal, sem pôr em risco os pacientes.

 
Hogeweyk, também conhecido como Dementiavillage, foi concebido pelos arquitetos holandeses Molenaar&Bol&VanDillen, mas a ideia foi de Yvonne van Amerongen, um técnico de saúde que trabalhou com pacientes de demência durante décadas.

 
Os pacientes vivem em apartamentos de 6 a 8 pessoas, incluindo um técnico de saúde. O técnico de saúde não usa um uniforme e todos os residentes na casa ajudam nas tarefas como cozinhar e limpar, semelhante a uma situação de vida normal.

 
Por outro lado, os pacientes podem comprar o que quiserem do supermercado. Podem ir ao cabeleireiro, ou ir a um restaurante. São estas rotinas e rituais básicos que podem ajudar os moradores a manter uma melhor qualidade de vida.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO