“Green Hornet” e “Little Red”: Dois Shelby Mustang GT500 Para Sonhar

Foram, na quinta-feira, apresentados durante o leilão que a Barrett-Jackson está a levar a efeito em Scottsdale, no Arizona, e as reacções dos aficionados oscilaram entre o espanto e o desejo.

No centro das atenções estavam dois protótipos Ford Shelby Mustang GT500 EXP recentemente restaurados, com a curiosidade de um deles ter sido dado como perdido durante décadas.

O primeiro é um raríssimo Shelby GT500 EXP de 1968, carinhosamente baptizado de Green Hornet, em estreita ligação com a série televisiva dos anos 60 protagonizada pelo mítico Bruce Lee e Van Williams.

O concept car, que esteve sempre nas mãos de Craig Jackson, presidente da leiloeira norte-americana, foi restaurado pela Billups Classic Cars. Ora, enquanto o Green Hornet estava a ser “arranjado”, Jackson recordou-se de que havia outro protótipo tão raro como o que possuía.

Tratava-se do Shelby GT500 EXP Little Red, construído em 1967. Após intensas buscas, ao melhor estilo de procurar uma agulha num palheiro, a “bomba” foi encontrada em ruínas, em 2018, no terreno de uma quinta no norte do Texas.

Entretanto, em Dezembro passado, o presidente da leiloeira recebeu uma obra de arte muito especial: um Ford Mustang Shelby GT500 de 2020, assinado com o chassis 001 e pintado na cor original do Green Hornet.

Não satisfeito com a façanha, Jackson encomendou mais um Shelby GT500 mas, para esse modelo, pediu que fosse pintado no mesmo tom de vermelho do Little Red.

Uma suspensão traseira independente, travões de disco às quatro rodas e um sistema de injecção electrónica ligam o Green Hornet de 1968 aos seus descendentes, enquanto o novo super compressor que os equipa homenageia o que está sob o capô do Little Red.

A título de curiosidade assinale-se que os quatro super carros escondem uma ganadaria com mais de 2600 cv de potência. É obra!

DEIXE O SEU COMENTÁRIO