Mãe Induz o Parto Para Que o Marido Possa Conhecer a Filha Antes De Morrer

Grávida pela quinta vez, Diane Aulger, tomou a difícil decisão de induzir o parto para que o marido, Mark, um doente em estado terminal pudesse conhecer a filha antes de morrer.

Os médicos diagnosticaram-lhe uma fibrose pulmonar – doença que impede a entrada de oxigênio nos órgãos – o que deixou a família abalada. Mark teria apenas mais uma semana de vida. Porém, a previsão não se cumpriu e Diane, com acompanhamento médico, decidiu adiantar o nascimento da filha para que o pai pudesse vê-la antes de morrer. Depois do parto, que correu sem complicações, Mark foi o primeiro a segurar Savannah, que esteve cerca de 45 minutos nos seus braços.

No dia seguinte ao nascimento, Mark ainda foi capaz de segurar a filha por um minuto, mas morreu dois dias depois. “Ele tinha estado em coma por cerca de 48 horas e eu podia ver no monitor que os seus batimentos estavam a baixar e ele iria morrer muito em breve, então eu coloquei-a nos seus braços e segurou a sua mão até ele parar de respirar”, lembrou Diane.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO