Menino De 10 Anos Corrige o Museu De História Natural De Londres

Charlie, um menino britânico de 10 anos, detetou um erro no Museu de História Natural de Londres enquanto o visitava com a sua família.

O menino, que sofre de síndrome de Asperger, apercebeu-se que um dinossauro estava identificado de forma incorreta, pois um dos cartazes continha um erro ao garantir que a espécie exibida correspondia a um Oviráptor quanto na verdade se tratava de um Protocerátopo.

Charlie e a sua família viajaram de Essex até Londres para realizar uma visita noturna ao museu e, enquanto outras crianças participavam numa atividade, Charlie lia os cartazes, apercebendo-se assim do erro.

 
A imagem que comparava à escala a figura de um ser humano com a de um dinossauro, garantia que se tratava de um Oviráptor, mas Charlie sabia que essa espécie andava sobre duas patas e não quatro, como o que era apresentado na imagem.

O menino avisou os pais, que a princípio não acreditaram nele, e em seguida alertou os funcionários do museu que reconheceram a falha e agradeceram a sua colaboração.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO