Militar Russo Capturado Pede Perdão e Revela Quando Percebeu Que Estava Errado

O tenente-coronel da guarda nacional russa, Astakhov Mikhailovich, foi capturado pelo exército ucraniano e acabou a dar uma conferência de imprensa onde pede perdão por ter participado no conflito, referindo que se sente envergonhado por tudo o que fez.

Astakh revelou o momento em que começou a sentir que o que estava a fazer era errado: “Sempre me encantou ver dois lutadores de boxe vossos, Oleksandr Usyk e Vasyl Lomachenko. Quando os vi a pegar em armas e a dizer que se sentiam obrigados a ajudar a Ucrânia, senti vergonha pelo que estava a fazer, percebi que estava errado”.

O militar deixou ainda um apelo ao exército ucraniano: “Não consigo encontrar palavras para pedir perdão àquele povo. Entenderia se a Rússia nunca fosse perdoada. Peço à Ucrânia que deixe viver os soldados russos. Muitos deles estão envergonhados. Não querem ir para a guerra”.

Para os combatentes do seu país também deixou uma mensagem: “Para os soldados russos, sejam valentes. Estão numa situação tensa, de ter de ir contra o próprio comandante. Mas isto é um genocídio. A Rússia não pode ganhar aqui mesmo se for até ao fim. Podemos invadir o território, mas não podemos invadir as pessoas”.

Já segue a FunCo no Instagram?