Mulher Que Perdeu Casa Nos Incêndios Recusou Cumprimentar Primeiro-Ministro Australiano

Com o país a ser dilacerado pelas chamas, o primeiro-ministro australiano Scott Morrison tem sido criticado pelos seus concidadãos por afirmações e atitudes que não têm caído bem junto de quem perdeu tudo para as chamas.

Numa visita à cidade de Cobargo, no estado de New South Wales, uma das mais devastadas pelos incêndios florestais, o primeiro-ministro sentiu na pele o descontentamento dos habitantes locais.

Scott Morrison foi recebido com críticas por parte dos residentes de Cobargo e vários recusaram apertar-lhe a mão, incluindo um bombeiro que perdeu a sua casa para o fogo que estava a ajudar a combater.

Mas foi a recusa de Zoey Salucci-McDermott, uma mulher grávida, que perdeu a sua casa, em cumprimentar o primeiro-ministro australiano que se tornou viral.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO