Mais de 10.000 Judeus Ultraortodoxos Reúnem-se (Novamente) Para o Funeral De Um Rabino Morto Por Covid-19

Milhares de judeus ultraortodoxos lotaram as ruas da cidade de Bnei Brak, Israel, na noite de domingo para assistir ao funeral do Rabino Chaim Meir Wosner.

De acordo com os média locais, os mais de 10.000 participantes não respeitaram as regras de distanciamento e alguns deles enfrentaram a Polícia, que tinha conversado com vários líderes espirituais nas horas imediatamente após a morte do rabino, na tentativa de evitar multidões massivas semelhantes às vistas em funerais no mês passado.

Mas as negociações não deram frutos.

Wosner, 83, era uma figura importante na comunidade ultraortodoxa de Bnei Brak e contraiu o coronavírus no mês passado, enquanto comparecia ao casamento da sua neta. Ele era filho do rabino Shmuel Wosner, que foi o principal líder espiritual do hassidismo (uma interpretação mística do judaísmo ortodoxo) por décadas, até à sua morte em 2015 aos 101 anos.

Já segue a FunCo no Instagram?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO